Instagram Widget

Features

Lula: a única luta que a gente perde é a luta que a gente não faz

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta-feira (7), data que marca onze meses de sua prisão política, a dirigente do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) e membro da Vigília Lula Livre, Neudicleia de Oliveira. A visita marcou o primeiro encontro de Lula com um integrante da Vigília que desde 7 de abril resiste em defesa de sua liberdade.
Ainda abalado pela perda de seu neto Arthur, vítima de meningite meningocócica no último dia 1º, Lula enviou um recado àqueles que tem se dedicado à luta contra sua prisão política. “Achei que ia encontrar um homem triste, mas encontrei um homem indignado com uma injustiça que não afeta só a ele, mas o povo brasileiro. Ele está muito chateado, mas não desanima e reafirmou que não podemos desanimar. Assim como ele saiu no velório de seu neto Arthur de cabeça erguida, ele nos pede para não abaixarmos a cabeça. Precisamos resistir”, afirmou Oliveira.
À Vigília, Neudicleia lembrou os responsáveis pela prisão política de Lula, que teve como pano de fundo impedir seu retorno à Presidência da República. “Precisamos denunciar essa farsa do judiciário e mostrar a mentira do Moro, Dallagnol e Rede Globo. Inventaram um crime que ele não cometeu, uma invenção baseada em convicção e não em fatos”. Ele disse: “a única luta que a gente perde é a luta que a gente não faz.”
Segundo ela, Lula reforçou a importância estratégica dos movimentos sociais neste período de resistência e na liderança do enfrentamento aos retrocessos impostos pelo governo Bolsonaro. “Ele reforçou que são os movimentos populares que mantém a defesa da soberania brasileira. Ele disse que temos que continuar na luta para impedir que o Brasil caia de joelhos perante os EUA, como defende o atual governo fascista”.
Vigília Lula Livre
Lula agradeceu mais uma vez pela resistência daqueles que estão em Curitiba desde 7 de abril lutando por sua liberdade. “Ele tem muita gratidão por essa resistência. Essa Vigília é o que mantém ele vivo dentro dessa Polícia Federal e é nossa tarefa reproduzi-la em todos os cantos do Brasil. Precisamos ser o calo no sapato desse Judiciário que prendeu injustamente nosso presidente Lula. E assim como ele entrou de cabeça erguida aí, vamos tirar ele de cabeça erguida e traze-lo para esse espaço de resistência”. Como presente simbólico da Vigília, Neudicleia entregou a Lula um girassol, flor cultivada pelos membros da resistência ali sediada.
Brumadinho
Oliveira, que é dirigente do Movimento dos Atingidos por Barragens, levou ao ex-presidente um relato sobre a situação na cidade de Brumadinho, onde o rompimento de uma barragem da mineradora Vale matou centenas de pessoas há pouco mais de um mês. “O presidente Lula disse que aquilo não era uma barragem e sim um monumento à insanidade. Os responsáveis tinham ciência de que aquilo iria romper. E hoje os diretores da Vale que comprovadamente cometeram um crime estão em liberdade”.

Nenhum comentário

Atthrox Participações é um activities alphabet brasileiro ;crescendo com sua participação!

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Atthrox Participações. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A Atthrox Participações poderá retirar, sem prévia notificação, os comentários que não respeitarem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Random Posts

randomposts
fb.me/atthroxpar